Prémio “Taejo Internacional”

O Festival Periferias promove pela primeira vez, naquele que é o seu sexto ano de existência, a escolha do melhor filme, numa eleição realizada junto do público.

O prémio foi atribuído ao filme “Raiva”, de Sérgio Tréfaut, apresentado em antestreia nacional durante esta sexta edição do Periferias.

A obra para este galardão é da autoria da escultora Maria Leal da Costa, a quem estamos gratos pela disponibilidade e pelo envolvimento generoso neste projecto.

Maria Leal da Costa, artista plástica portuguesa, natural de Évora, estudou na Escola Superior de Belas Artes de Lisboa, vive e trabalha no Alentejo, na quinta do Barrieiro (Marvão). As suas esculturas em pedra, ferro e bronze caracterizam-se por uma abordagem contemporânea e multifacetada. Expõe desde 1994 e está representada em diversas colecções públicas e privadas, tanto em Portugal como no estrangeiro.

O prémio Taejo Internacional tem o patrocínio da Reserva da Bioesfera Transfronteiriça Tajo / Tejo Internacional e da Área de Desarrollo y Turismo Sostenible da Diputacion de Cáceres.