VI PERIFERIAS – ONDE PODE VER OS FILMES?

VI Periferias localizações do festival

Estão já confirmadas as localizações onde se irão realizar as projecções ao ar livre da VI edição do Periferias.

Desde logo, importa destacar duas novidades: Cedillo, que acolherá duas sessões especiais ainda antes do início oficial do Festival. No dia 8 de Agosto, será apresentado “Guadalquivir”, de Joaquín Gutiérrez Acha, sobre o rio com o mesmo nome e a 9 de Agosto será exibido “Luna Grande. Un tango por García Lorca”, de Juan José Ponce, sobre a segunda viagem do poeta à América do Sul.

E no dia 12 de Agosto, o Festival chegará a Castelo de Vide, com a exibição de “A Dama de Chandor”, de Catarina Mourão, na Praça de Dom Pedro V.

Estas duas novas localizações juntam-se assim a locais que já fazem parte da história do Festival, nomeadamente:

  • O Pátio do Castelo de Marvão que, a 10 de Agosto, acolherá a Gala de Abertura do Festival, com a exibição em antestreia nacional de “Raiva”, o novo filme de Sérgio Tréfaut;
  • O Alentejo Sculpture Park, na Quinta do Barrieiro onde, a 11 de Agosto, serão apresentados os documentários “Garcia de Orta”, que assinala os 450 anos da morte de Garcia D’Orta e “El Bosco – El Jardin de los Sueños” de José Luiz Lopez-Linares;
  • Porto da Espada, mais exactamente, o Largo Prof. Matos Godinho, receberá a exibição de “Fátima”, de João Canijo, no dia 13 de Agosto;
  • O Castelo de Valência de Alcântara será o palco para a exibição do documentário “Samba”, de Mariano Agudo, no dia 14 de Agosto;
  • A antiga Estação de Comboios da Beirã (hoje em dia desactivada), no dia 15 de Agosto permitirá ao público assistir a “O Outro Lado da Esperança”, de Aki Kaurismäki, em plenos carris de comboio.
  • La Fontañera, aldeia espanhola situada literalmente em cima da fronteira com Portugal, acolherá a projecção de “Te entiendo”, de Victor Hugo Costa, sobre a cidade de Olivença, no dia 16 de Agosto;
  • O Bairro Gótico / Calle Cortizada em Valência de Alcántara, será o palco da exibição da cópia restaurada e comemorativa do 30º aniversário de “Cinema Paraíso”, de Giuseppe Tornatore, no dia 17 de Agosto;
  • O Museu Lagar de Azeite de Galegos acolherá a exibição de “Gurumbé”, de Miguel Ángel Rosales, no dia 18 de Agosto;
  • A calorosa viagem de Agnès Varda e do artista JR, através da França rural, de “Olhares, Lugares” será o filme a exibir no Encerramento Oficial do Festival no fabuloso cenário da cidade romana de Ammaia, no dia 19 de Agosto;
  • Finalmente, a 20 de Agosto, o Centro Cultural de Marvão exibirá o filme eleito pelo público do festival.

Veja o programa aqui: http://www.periferiasfestival.com/programa/